FAQs

Descrição

Tem interesse em saber como a data mining, a estatística e a matemática podem resolver problemas importantes em sua comunidade e na região? Quer participar em um evento que busca soluções baseadas em dados para fazer frente ao Zika vírus? Garanta seu espaço no evento Alerta Zika!

O que é Alerta Zika?

Alerta Zika! é um evento colaborativo para explorar o potencial dos dados e da tecnologia para melhorar as respostas ao Zika vírus. Durante esta expedição de dados serão explorados os fatores epidemiológicos, ambientais e sociais que explicam o avanço desta doença.

Qual é o desafio aos participantes?

Dar uma resposta ao desafio apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro que é: haverá um novo surto epidêmico no verão 2016/2017 no Rio de Janeiro?

Por que este desafio?

A rápida mudança no conhecimento sobre a epidemiologia do vírus é um grande desafio para que as autoridades públicas identifiquem medidas adequadas para conter os surtos. Ao início da pandemia, se pensava que o vírus era transmitido apenas através da picada do mosquito, e há pouco tempo sabe-se que também é transmitido através de outros canais como as relações sexuais, como explica um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Diana Pinto, especialista de saúde no BID, destaca que “a evidência emergente sobre as consequências neurológicas severas associadas ao Zika vírus, tanto em bebês como em adultos, colocou em xeque os sistemas de saúde na região da América Latina, pois a capacidade para tratamento e reabilitação destes problemas é limitada.”

O que é uma Expedição de Dados?

É um evento onde usamos a metodologia de um hackaton, trabalhando com equipes em um tempo limitado, mas nos concentramos em análises de dados. O objetivo é desenvolver algoritmos e gerar visualizações que mostrem valor na solução do desafio.

Quem está convidando?

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, a Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, e o Lab.rio convidam a estudantes de Big Data a participar desta experiência de dados para criar visualizações, indicadores, e algoritmos preditivos que permitam conhecer o risco atual e potencial da doença.

Quem pode participar?

Estudantes com formação em Big Data da Fundação Getúlio Vargas e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro que sejam pré-selecionados pela direção destas universidades.

Em que consiste a participação no evento?

Os participantes devem se registrar no evento, participar em uma sessão preparatória (bootcamp – 11 de Novembro) e na sessão presencial (2 e 3 de dezembro). Um representante da equipe vencedora será convidado a apresentar os resultados de seu projeto no evento Desenvolvendo Futuros – Aula BID, no dia 05 de dezembro no Museu do Amanhã, para quase 400 estudantes universitários, entre outros convidados.

Há premiação?

Sim! Um representante de cada uma das três equipes ganhadoras será convidada a participar de um seminário sobra o Zika vírus no primeiro trimestre de 2017 na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento em Washington DC.

Como posso entrar em contato com o organizador?

Envie um e-mail para josede@iadb.org ou amoneo@iadb.org.

Quais são os passos seguintes após a inscrição?

Após a inscrição você receberá um e-mail com orientações sobre o evento. Por agora você pode ir se familiarizando com os dados na página web www.alerta-zika.org

O que devo levar comigo?

Traga seu laptop e muita energia para aprender e trabalhar em equipe.

Mais informação em www.alerta-zika.org